Portal do Governo do Estado de São Paulo

Perdeu o vínculo?

Estas são as opções disponíveis na Prevcom caso o participante perca o vínculo com o patrocinador.

Resgate de contribuições

O participante receberá o valor integral das suas contribuições pessoais, assim como os rendimentos provenientes delas, mais um percentual das contribuições feitas pelo patrocinador, de acordo com o seu tempo de contribuição para a Prevcom:

Até 12 meses5%
De 13 a 24 meses10%
De 25 a 36 meses15%
De 37 a 48 meses20%
A partir de 49 meses25%

Término do vínculo funcional;

Não estar usufruindo de qualquer benefício previsto no regulamento do plano.


Cópia do RG;

Documento original que comprove a perda do vínculo com o patrocinador (portaria de exoneração/demissão, carteira profissional ou declaração do órgão de origem);

Comprovante emitido pelo banco com as informações de conta corrente.

Importante - o prazo para pagamento é de até 45 dias corridos a partir da data de recebimento do termo de resgate e da documentação completa.

Autopatrocínio

O participante que fizer esta opção deve arcar com a sua contribuição e com a do patrocinador Essa contribuição é feita por meio de boleto bancário e não pode ser menor do que 10% de uma UMP. Atualmente uma UMP corresponde a R$ 414,15.

Término do vínculo funcional; OU

Salário de participação reduzido; OU

Afastamento não remunerado.


Documento original que comprove a perda do vínculo, a redução da remuneração ou o afastamento temporário (portaria de exoneração/demissão, carteira profissional ou declaração do órgão de origem);

Holerite do último salário.

Benefício Proporcional Diferido (BPD)

Ao optar pelo BPD, o participante permanece inscrito no plano mas não realiza mais contribuições. O valor acumulado continua rendendo na Prevcom até que sejam preenchidos os requisitos para recebimento da aposentadoria.

Término do vínculo funcional;

Vínculo ao plano há mais de seis meses;

Sem condições para recebimento de aposentadoria.


Carta manuscrita de solicitação;


Documento original que comprove a perda do vínculo com o patrocinador (portaria de exoneração/demissão, carteira profissional ou declaração do órgão de origem).

Portabilidade

Entrada

O participante que já tem um plano de previdência pode portar o valor acumulado para a Prevcom.

Para fazer a portabilidade é necessário entrar em contato com a instituição financeira ou seguradora responsável pela administração do plano de previdência complementar e verificar quais informações referentes a seu plano da Prevcom são necessárias para a transferência dos recursos.

Podem ser portados saldos de planos PGBL ou de entidades fechadas.

Estar inscrito em um plano da Prevcom.

Termo de opção fornecido pela entidade cedente.

Saída

O participante tem direito a transferir recursos financeiros do seu plano da Prevcom (contribuições pessoais e patronais) para um outro plano de benefícios operado por entidade de previdência complementar.

Término do vínculo funcional;

Vínculo ao plano há no mínimo seis meses;

Não estar em gozo de qualquer benefício previsto no regulamento.


Documento original que comprove a perda do vínculo com o patrocinador (portaria de exoneração/demissão, carteira profissional ou declaração do órgão de origem).

Para a solicitação de portabilidade de saída são necessárias as seguintes informações:

  • Nome da instituição;

  • CNPJ da instituição;

  • Nome do plano;

  • Código SUSEP ou CNPB do plano;

  • Tipo de tributação;

  • Registro ou matrícula do plano (OPCIONAL);

  • Data da adesão ao novo plano;

  • Banco, agência e conta da instituição (em declaração ou e-mail enviado pela nova instituição).

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos termos de uso e política de privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente destas condições.

;